O que você não sabia sobre boa comunicação

Uma boa comunicação é a melhor ferramenta para melhorar relacionamentos e resolver nossos problemas. Entender e respeitar o próximo evita conflito e nos faz progredir em diversos âmbitos.

A comunicação é uma das atividades mais importantes realizadas pelo ser humano, mas nem todos entendem como praticá-la. Uma boa comunicação é essencial para se conseguir o que quer, além de eliminar parte dos problemas de má interpretação.

O ser humano é uma entidade biopsicossocial. É caracterizado e diferenciado de outras espécies por possuir um componente biológico, psíquico e social, ou seja:

  • Estamos vivos;
  • Nós temos consciência;
  • Nós interagimos ativamente com outras pessoas, vivemos na sociedade e precisamos nos comunicar.

Comunicar-se tornou um dos tópicos que mais interessa aos pesquisadores, especialmente linguistas, antropólogos e filósofos. Isso porque a capacidade de se comunicar e as diferentes formas de fazê-lo são extremamente interessantes.

 

Você conhece o segredo para uma boa comunicação?

Muitos dos nossos problemas se devem à falta de informação. Nós não percebemos o que está acontecendo ou porque acontece. Nós não sabemos o que fazer ou como fazer. 

Abaixo, seguem alguns questionamentos sobre determinadas atitudes e sugestões para ter uma boa comunicação:

 

Você reconhece quando tem um problema? 

Não negue a existência de um problema ou recuse-se a falar sobre isso. Você pode concordar com a outra pessoa em falar em outro momento e lugar que sejam mais apropriados.

No entanto, estabeleça o dia e a hora. Mas respeite a data, não deixe passar.

 

Quando você discute, começa suas frases falando sobre si mesmo ou sobre o que o outro faz/fez?

Fale em primeira pessoa: eu quero, eu sinto, me incomodou. Não ataque o outro, ou fale pelos outros. Quando começamos uma discussão dizendo “você”, a outra pessoa fica na defensiva. Ele não nos escuta mais, pensando somente em como se defender.

 

Quando você fala, é congruente em suas palavras e gestos? 

Para ter uma boa comunicação, tente que sua linguagem verbal e sua linguagem corporal digam a mesma coisa. 

Se seu tom de voz é suave, mas seus gestos e movimentos são agressivos, você está enviando mensagens conflitantes. A outra pessoa não sabe a que prestar atenção ou o que você quer dizer.

 

+ Veja também: Dificuldade de se relacionar com pessoas? Veja como resolver

 

Você termina com um assunto antes de passar para outro? 

Pense no que você quer dizer. Fale sobre um único assunto por vez. 

Se a outra pessoa levantar situações diferentes, faça um acordo. Diga a ela para falar sobre isso quando a questão com a qual estiverem lidando for resolvida.

 

Você discute quando está com muita raiva? 

Não faça isso. É melhor dizer: “No momento estou com muita raiva e prefiro falar mais tarde, quando estiver mais calmo”. Lembre-se que a agressão gera agressão e ter uma boa comunicação está longe disso.

 

Você esclarece seus sentimentos?

Se você está chateado com a pessoa, conte a ela sobre isso. Se não, também comente com quem estiver próximo: “Estou chateado, de mau humor, triste, etc., mas não é com você”. 

 

Você é claro e breve ao conversar com os outros e explicar o que quer?

Não repita a mesma coisa várias vezes. Não fale sobre muitas coisas antes de chegar ao ponto principal. Não pule de um tópico para outro.

 

Você descreve os fatos concretos?

Não fale sobre coisas gerais que todos possam interpretar de maneiras diferentes. 

Se você tem dúvidas sobre o que a outra pessoa entendeu ou interpretou, pergunte a ele/ela. Esse é um dos segredos da boa comunicação.

 

O que você faz quando a outra pessoa responde algo que não tem nada a ver com o que você disse? 

Se sua resposta não for a esperada, comente. Esclareça suas dúvidas. 

Pergunte. Talvez ela não concorde e está tentando te desestabilizar ou talvez não tenha escutado e entendido corretamente.

 

Como você reage quando está falando e a outra pessoa o interrompe? 

Se o outro não concordar e interromper você, peça de maneira gentil que lhe permita terminar. Assegure que, quando possível, você o ouvirá. 

 

Você respeita as pessoas, suas características e seus erros? 

Não faça piada da pessoa que está falando ou do jeito dela. Não a insulte e não a envergonhe. Não se mostre indiferente. Aprenda a tolerar a frustração que você sente pelo modo como as outras pessoas agem.

Lembre-se que a boa comunicação está em suas mãos. Os indivíduos agem como acham que são certos, portanto, eduque-os.

 

Como você responde ao que te perguntam? 

Faça isso de forma clara e direta, sem sarcasmo, sermões, ameaças ou críticas. 

Não responda com outra pergunta. Este é um dos maiores pontos da boa comunicação: efetiva e assertiva.

 

Você permite que as pessoas te olhem nos olhos? 

Comunicar-se bem significa ter contato direto com o outro, seja como for. Portanto, se estiver na presença de alguém, não cubra o rosto com a mão ou com o que for. Também não se vire quando falar. 

Se a outra pessoa o fizer, por favor, peça-lhe para não fazê-lo.

 

Você assume que sabe do que as pessoas estão falando? 

Não interprete o que você ouve. Pergunte se o que você entendeu é o que ele quis dizer.

 

O que você faz quando não escuta bem o que eles lhe disseram? 

Sempre pergunte. Se houver muito barulho no lugar onde estão, aproxime-se, explique que você não ouve bem e peça para repetir.

 

Você aceita seus erros?

Não pode haver boa comunicação se não aceitarmos nossos erros.

 

Que mensagem você envia quando eles estão falando com você? 

Se você é quem ouve, faça um gesto com a cabeça para que a pessoa perceba que está prestando atenção.

 

O que fazer agora?

Analise a lista anterior e observe sua maneira de se comunicar. Quais aspectos você acha que poderia melhorar? Que erros você acha que comete? 

Não se concentre em corrigir seu parceiro ou amigos. Se você melhorar a comunicação, eles começarão a sentir os efeitos da mudança e mudarão também. Se você se dedicar a corrigir os outros, só provocará mais conflitos. 

Não escolha um aspecto para melhorar que lhe custe muito trabalho. Comece com algo fácil e prático.

Não vá para outro ponto até achar que o anterior em que você trabalhou não é mais difícil para você. Não importa quanto tempo irá gastar. 

É melhor ir devagar do que não melhorar ou nunca alcançar o sucesso do seu intento. 

Quando você falhar, não se repreenda, faça a análise do erro, do porque aconteceu e corrija-o. 

Aproveite o seu progresso, mesmo que seja pequeno e reconheça seu esforço e suas conquistas. A chave da boa comunicação está aí: buscar por progredir sempre!

Compartilhe:
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on linkedin
Share on twitter
Share on facebook

Lucivaldo Santos

Meu nome é Lucivaldo Santos, sou CEO do Grupo Cimas e especialista em comportamento humano.

Dou palestras faz muitos anos…LEIA MAIS »

Receba os artigos
por e-mail

Artigos recentes

Contato

Entre em contato conosco e envie suas sugestões, dúvidas ou reclamações.